Risco de infarto é maior no inverno! Saiba os motivos

Homem sofrendo um infarto

Risco de infarto é maior no inverno! Saiba os motivos

Publicado em

O inverno chegou e com os dias mais frios, vieram aquela vontade de ficar mais tempo na cama, comer comidas quentinhas e se agasalhar para ir à rua, certo? Bem, além disso, é preciso ficar atento a um inimigo silencioso, que costuma chegar junto com o inverno: o infarto.

Algumas pesquisas apontam que, durante a estação mais fria do ano, o risco de uma pessoa sofrer deste problema cresce em até 30%.

Agora, você sabe por que isso acontece? E caso ocorra de estar perto de alguém que esteja enfartando, sabe o que fazer? Para responder a estas e outras perguntas, leia o artigo que a equipe do Corretores de Planos de Saúde preparou para você.

Veja também: O que você precisa saber sobre o seu plano de saúde e as coberturas?

Por que o risco de infarto aumenta no inverno?

Homem sofrendo um infarto

A baixa temperatura, comum durante o inverno, afeta o todo o corpo, principalmente o coração. E é aí que precisamos redobrar os cuidados.

O risco de infarto no inverno é maior porque quando a temperatura ambiente fica muito baixa, geralmente em torno de 14 graus, o nosso corpo ativa os receptores nervosos que ficam sob a pele, liberando uma substância que contrai os vasos sanguíneos. Ou seja, deixando-os mais “apertados”.

Essa contração faz com que a pressão arterial aumente, o que pode romper placas de gordura que estão no interior das artérias, ocasionando um infarto, já que essas placas obstruem as veias e impedem a chegada do sangue até o coração.

Por isso, é muito importante ficar atento à temperatura ambiente e procurar estar sempre aquecido. Assim, seu corpo conseguirá manter a temperatura ideal para o funcionamento, que é de 36,1 graus.

Como controlar o risco no inverno?

Felizmente, para controlar e diminuir o risco de sofrer um infarto no inverno basta seguir algumas dicas simples e que podem ser incorporadas ao seu dia a dia.  

Por exemplo, nos dias mais frios, é fundamental estar bem agasalhado. Principalmente se a pessoa tem mais de 60 anos. Diabéticos ou pessoas com hipertensão devem evitar sair de casa nos dias muito frios, especialmente se foram sair de locais aquecidos.

Aqueles que já possuem doenças cardíacas devem se proteger dos dias frios, usando luvas e cobrindo sempre o rosto quando a temperatura estiver abaixo de 15 graus.

Caso a pessoa sofra de angina, o recomendável é conversar com o médico sobre sair de casa em dias frios. É importante também tomar a vacina anual contra a gripe e redobrar o consumo de água durante a prática de exercícios físicos no inverno.

Além disso, é importante evitar o consumo excessivo de bebidas alcoólicas no período. Embora elas aqueçam, o risco de infarto é elevado.

O que fazer em caso de infarto?

Caso a pessoa sinta algum desconforto ou dor no tórax, que apareceu subitamente, a recomendação é procurar socorro médico imediatamente, pois o infarto evolui rápido e, se não tratado adequadamente, pode provocar a morte ou mesmo deixar sequelas por toda a vida daquela pessoa.

Com essas dicas, você conseguirá se proteger e aproveitar o melhor dos dias do inverno.

Também pode te interessar: Qual é o plano de saúde barato e bom? Descubra aqui

Agora que você conhece as dicas para se prevenir e para ajudar alguém que esteja infartando, é importante também garantir mais segurança para a sua saúde através da contratação de um plano de saúde. Com um plano, você está coberto para atendimentos emergenciais, consultas e exames. Faça agora mesmo uma cotação gratuita com nossa equipe e garanta a sua saúde.

liv: bruno gerassi


Voltar

Olá Corretor!

Cadastre-se para ter acesso imediato a todos os materiais, é grátis!

Cadastre-se
©2020 Corretores de Planos de Saúde
Desenvolvido por Inaweb Digital