Antecipe as principais dúvidas sobre planos de saúde que seus clientes podem ter

Antecipe as principais dúvidas sobre planos de saúde que seus clientes podem ter

Publicado em

Por ser um tema muito amplo, muitas dúvidas sobre planos de saúde podem surgir

Muitas pessoas sonham em possuir um plano de saúde pois sabem da tranquilidade que um convênio pode trazer. Não ter que aguardar em longas filas e não tirar do próprio bolso o preço de cada consulta facilitam muito em emergências ou em visitas rotineiras aos consultórios.

No entanto, o tema “convênios médicos” é muito amplo e cheio de variáveis, o que pode gerar diversas dúvidas em possíveis clientes. Ter a resposta para essas perguntas na ponta da língua pode ser a diferença entre fecha rum negócio ou não.

Então confira abaixo algumas das perguntas mais frequentes e como respondê-las.

dúvidas sobre planos de saúde

Dúvidas sobre planos de saúde: Como saber se o plano de saúde é confiável?

Para todo serviço que vamos contratar, a primeira coisa que queremos saber é o quão confiável é. Para convênios médicos, que tratam de um assunto tão delicado quanto à saúde, essa exigência deve ser ainda maior.

Para saber é um plano de saúde é confiável, deve-se pedir para a operadora em questão o número de registro na ANS. No site da Agência, existe uma página focada em informações e avaliações de operadoras, onde é possível conferir: dados, ver o desempenho dessa operadora no programa de Qualificação da ANS e a posição dela no ranking das empresas de planos de saúde que mais recebem reclamações de seus consumidores.

O plano de saúde é obrigado a cobrir todos os atendimentos que eu precisar?

Essa é uma dúvida muito recorrente que diversas vezes é respondida da maneira errada. Os planos de saúde NÃO devem cobrir todos os atendimentos solicitados pelo cliente.

O que acontece é: existem procedimentos e atendimentos obrigatórios, definidos pela ONS, que não podem faltar em nenhum contrato. Também existem operadoras que adicionam mais serviços para deixar o plano mais atrativo. Os procedimentos presentes no contrato devem sim ser cobertos, mas caso o atendimento não esteja presente no documento, o plano não tem a obrigação de cobrir.

Como os preços dos planos são definidos?

Como citamos brevemente acima, os planos de saúde dependem de muitas variáveis, essas que por sua vez afetam diretamente o preço. Basicamente, a quantidade e qualidade dos serviços do convênio que determina o valor. Então um plano que inclua apenas consultas e exames é mais barato do que um que também inclua tratamentos odontológicos, por exemplo.

A área de cobertura também é um fator importante, existem diferenças de preço para um plano que atende somente uma cidade para um plano que atende nacionalmente.

E claro, a idade das pessoas é um fator que influencia muito nos valores. Quando mais velha uma pessoa, mais caros ficam os planos, pois essa pessoa (teoricamente) precisará de mais atendimentos.

E outros detalhes como internação hospitalar, quarto privativo, procedimentos estéticos, também podem aumentar o preço.

Esse conjunto de variáveis que define quanto um plano de saúde vai custar, o recomendado é que o cliente realize uma breve pesquisa e defina suas prioridades. Dessa forma, o trabalho do corretor fica mais fácil na hora de escolher a operadora e montar o contrato.

Agora que você já sabe como responder as principais dúvidas sobre planos de saúde, venha conhecer as técnicas de venda que fazem toda a diferença na hora de concretizar o negócio. No entanto, existem outras ferramentas que podem te ajudar e muito a captar novos clientes. Na Corretores de Planos de Saúde, você encontra tudo o que precisa para realizar seu próprio marketing digital.

Faça agora mesmo o seu cadastro gratuito e usufrua de todos os benefícios da plataforma!


Voltar

Olá Corretor!

Cadastre-se para ter acesso imediato a todos os materiais, é grátis!

Cadastre-se
©2021 Corretores de Planos de Saúde
Desenvolvido por Inaweb Digital